A História do Natal

Era uma vez, em uma pequena cidade chamada Belém, um bebê nasceu para um jovem casal chamado Maria e José. O bebê recebeu o nome de Jesus, e o deitaram em uma pequena tina de alimentação de madeira, em uma manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.

Enquanto descansavam no estábulo, os pastores chegaram e lhes disseram que tinham visto um anjo que lhes dissera que um Salvador havia nascido naquela noite. Os pastores estavam cheios de alegria e foram ver o bebê, que estava deitado na manjedoura.

Os pastores voltaram para os seus campos, mas não conseguiam parar de pensar no bebê e na maravilhosa notícia que tinham ouvido. Eles contaram sobre o bebê para todos que encontraram, e muitas pessoas vieram ver o recém chegado por si mesmas.

À medida que Jesus crescia, era conhecido por seu coração bondoso e por sua habilidade de ajudar os outros. Ele ensinou às pessoas sobre amor e perdão, e realizou muitos milagres.

Em um Natal, quando Jesus era adulto, ele estava viajando com seus discípulos quando eles chegaram a uma pequena aldeia. Os aldeões eram pobres e famintos, e não tinham comida para celebrar o Natal.

Jesus viu a sua situação e sentiu pena deles. Ele pediu a seus discípulos para reunir alguma comida, e com seus poderes milagrosos, transformou uma pequena quantidade de pão e peixe em comida suficiente para alimentar toda a aldeia.

Os aldeões ficaram encantados e agradeceram a Jesus por sua bondade. Eles celebraram o Natal com uma festa, e nunca esqueceram o presente milagroso que Jesus lhes deu.

A partir daquele dia, o Natal passou a ser um momento para lembrar e celebrar o nascimento de Jesus, e para agradecer pelo amor e alegria que ele traz para o mundo.

image_pdfDownloadimage_printPrint