A confusão dos pinguins

Era uma vez, nas terras congeladas da Antártica, um grupo de pinguins que viviam juntos. Era um grupo feliz e brincalhão e os pinguins passavam seus dias nadando e deslizando sobre o gelo.

Até que um dia, algo estranho aconteceu. O sol desapareceu e os pinguins não o viram novamente por muitos meses. A terra ficou escura e fria e os pinguins não sabiam o que fazer.

No começo, eles tentaram continuar brincando e se divertindo como sempre faziam, mas estava muito frio e escuro e eles acabaram ficando infelizes e solitários.

Um belo dia, uma velha e sábia pinguim teve uma ideia. “Vamos nos abraçar e formar um círculo”, ela disse. “Assim, os pinguins do interior ficarão protegidos do frio e os pinguins do exterior poderão se revezar para proteger o grupo”.

Os outros pinguins gostaram da ideia e eles rapidamente formaram um círculo. Eles se abraçaram e os pinguins do exterior foram revezando para trocar de lugar com os pinguins do interior.

Isso funcionou bem. E os pinguins conseguiram se manter aquecidos e protegidos do frio. Eles também conseguiram manter a companhia uns dos outros e não se sentiam mais tão solitários.

Conforme os meses passavam, os pinguins continuavam trocando de lugar em seu círculo. Eles trabalhavam juntos, como uma equipe. Ajudando uns aos outros durante os momentos difíceis.

Eventualmente, o sol voltou e os pinguins puderam desfrutar novamente do calor e da luz do dia. Eles agradeceram pelo trabalho em equipe e pelo apoio que deram uns aos outros durante os meses longos e escuros.

image_pdfDownloadimage_printPrint