A Família Pinguim

Era uma vez, em uma terra fria e nevada, muito, muito longe, onde vivia uma família de pinguins. Mãe, Pai e o filhote pinguim eram parte de uma colônia de pinguins em uma grande comunidade nevada, onde todos viviam juntos.

Cada dia, Mãe ou Pai iam até o oceano para coletar peixes e outros mariscos para a família. Era um trabalho duro, mas eles eram fortes e determinados para prover para o seu filhote.

Quando eles voltavam do oceano, eles alimentavam o filhote com comida regurgitada, certificando-se de que ele estava bem alimentado e saudável. Os pais eram capazes de reconhecer o seu próprio filhote pelo seu chamado distinto, e só alimentariam ele, pois cada filhote tinha o seu próprio chamado único que só os pais poderiam reconhecer.

Enquanto isso, o bebê pinguim ficava na terra firme e brincava com os seus amigos, rolando na neve e se divertindo muito. Ele sempre ficava animado ao ver os seus pais voltando do oceano, e esperava ansiosamente por eles para trazer o seu peixe.

Mesmo que Mãe e Pai tivessem pouco, eles estavam satisfeitos porque tinham um ao outro, comida para comer e uma casa aconchegante para viver. Eles eram gratos pelo que tinham, e amavam a sua pequena família mais do que qualquer outra coisa no mundo.

À medida que o bebê pinguim ficou maior e mais forte, ele também começou a ajudar os seus pais a coletar comida do oceano. Ele aprendeu a nadar e mergulhar profundamente na água, e rapidamente se tornou um especialista em pegar peixes e outras delícias.

Juntos, a família de pinguins trabalhou duro para prover um ao outro, e eles estavam felizes e satisfeitos em sua casa nevada. E mesmo que os dias fossem longos e o trabalho fosse duro, eles sabiam que, desde que tivessem um ao outro, eles poderiam superar qualquer desafio que viesse pela frente.

image_pdfDownloadimage_printPrint