Papai Noel

Todos os anos, na noite antes do Natal, o Papai Noel vem. Ele viaja em um trenó puxado por pequenas renas com sinos em seus arreios. Blém, blém, tocam os sinos, e trit-trot, vão as pequenas renas levando o Papai Noel pelo mundo. O Papai Noel veste-se de pele, da cabeça aos pés. As suas calças são de pele, o seu casaco é de pele, e ele usa um gorro de pele puxado sobre as orelhas, pois os ventos do inverno são muito frios.

O-o-o-o, cantam os ventos, blém, blém, tocam os sinos, e trit-trot, vão as pequenas renas quando o Papai Noel viaja pelo mundo. A barba do Papai Noel é tão branca como a neve, as suas bochechas são tão vermelhas como maçãs, e os seus olhos são tão brilhantes como as estrelas cintilantes que olham do céu para vê-lo viajar.

Plim, plim, brilham as estrelas, O-o-o-o, cantam os ventos, blém, blém, tocam os sinos, e trit-trot, vão as pequenas renas quando o Papai Noel viaja pelo mundo.

O Papai Noel é velho, tão velho como as colinas, mas é forte como um gigante, e nas suas costas ele carrega uma mochila, e a mochila está cheia de brinquedos. Ele tem bonecas e tambores, e bolas e bonecos, carrinhos e trenós, conjuntos de chá com rosas azuis pintadas neles, e trombetas com listras vermelhas e brancas; e todos eles são para as crianças. Assim que as crianças adormecem na véspera de Natal, o Papai Noel vem para encher as meias delas com coisas boas e dar lindos presentes. Ele sabe exatamente o que as crianças querem, cada uma delas, e ri de alegria enquanto viaja.

Ho! Ho! ri o Papai Noel, plim, plim, brilham as estrelas, O-o-o-o, cantam os ventos, blém, blém, tocam os sinos, e trit-trot, vão as pequenas renas quando o Papai Noel viaja pelo mundo.

As crianças nunca o vêem chegar. Se ele ouvir qualquer risada ou sussurro na casa, ele fica do lado de fora até que tudo esteja calmo. Uma vez houve um menino que não queria ir para a cama na noite antes do Natal. “Vou ficar acordado para ver o Papai Noel”, disse ele. Ele pendurou a sua meia na lareira e sentou-se na grande cadeira de balanço da sua mãe e esperou, e observou, e esperou; mas tudo o que ele viu foi um pequeno rato cinzento, embora ele tenha ficado acordado até que todos, exceto a sua mãe, estivessem na cama, e ele não conseguisse manter os olhos abertos por mais um minuto. A última coisa que ele viu antes de adormecer foi a meia pendurada exatamente onde ele a tinha colocado, e não havia nada nela; mas – acreditam nisso? – quando ele acordou na manhã seguinte, ela estava cheia de guloseimas até a boca; e bem na frente da lareira havia um carrinho com rodas vermelhas! “O Papai Noel esteve aqui”, disse o menino; e ele bateu palmas, pois estava feliz como nunca.

Todo o mundo fica feliz quando o Papai Noel chega. Trit-trot, vão as pequenas renas, blém, blém, tocam os sinos, O-o-o-o, cantam os ventos, plim, plim, brilham as estrelas, e Ho! Ho! ri o Papai Noel, enquanto viaja pelo mundo para encher as meias das crianças, e para trazer lindos presentes.

image_pdfDownloadimage_printPrint